(Obra “Sedução” de Patrícia Amato)

Hoje vou corajosamente dividir com vocês, uma das minhas Obras que mais sofri para pintar . Farei isso como um encorajamento, todos passamos por isto. E no final sempre vale a pena enfrentar nossas limitações, mesmo quando o resultado não é 100%, pois aprendemos com nossos erros. Vamos lá!

Não sou especialista na técnica de perspectiva, não meesssmooo.  Tanto que esta Obra que fiz ano passado, não está perfeita. Observe o processo dela logo abaixo.

Tirei as fotos enquanto executava a Obra pois demorei uns três meses pintando…Ela mede 80x80cm, é um painel e a técnica é Acrílica sobre Tela. Usei tintas da Corfix, as de Tubo, não as de pote. São mais caras, mas completamente diferentes. Muito mais pigmentadas e a base oferece o dobro de cobertura.

Não sou desenhista, então sofri horrores para fazer esta quadriculação.  Em resumo, dividi a tela em 3 na sua altura. Dividi a parte de cima da linha de pisos em quadrados  e sabia  que a medida que o piso fosse avançando, os quadrados diminuiriam de tamanho consideravelmente.  No começo 2 cm, depois mais 3, mais metade, mais metade e assim foi. O Angulo da metade da tela até a lateral era inclinado a olho mais ou menos a cada 10 graus, e mandei ver. Saiu.

No Corel Draw dá para fazer rapidinho, o problema é passar para a tela em tamanho real.

Eu pintei esta obra com muita dificuldade, mas eu fiz. Este mar também me deu muito trabalho, mas não se compara ao quadriculado. Errei este chão muitas vezes, nem sei quantas. E não saiu como eu queria.

O Coração – foi pintado e repintado e não consegui dar o volume que eu gostaria que tivesse. As asas ficaram boas, mas para dar o volume bom, hoje eu teria feito o acabamento com tinta a óleo.

As Borboletas – foram os detalhes e me deram muito prazer, assim como os beija flores. As borboletas demorei bastante por conta dos frisinhos. Os beija flores pintei muito rápido, facilmente.

Os dados, cheios de detalhes e muitos tons de vermelho. Ficaram bons.

O que eu gostei: do desafio de ter feito algo novo, de ter me “puxado”. Minha mão ficou mais firme depois disso e percebi que estava usando pincéis errados para fazer os acabamentos. Aprendi com meus erros e isto foi bom.

Apesar de tudo, esta Obra enfeita minha sala e já quiseram comprá-la. Ainda não vendi, vou vendê-la sim, ela é linda!

Escrevam nos comentários contando sobre experiências de vocês, vou adorar saber! E aprenderemos juntos!

Boas Artes!

 

Anúncios