(Foto e Obra ” Apartheid”, 1,40×1,00m Mixed Media, de Ana Mora)

O carnaval está chegando. Tinha pensado em fazer uma matéria sobre as máscaras de carnaval e desisti. Achei tão óbvio. Tudo sempre igual. Embora as máscaras tragam a nós um pouco do que está por trás delas. O mistério fascina sim. Mas o que mais fascina é o que está por vir. Quando percebi isso, desisti da matéria na hora e resolvi fazer uma outra.

Minha amiga , a Renomada e Genial  Artista Plástica Ana Mora,  lançou um Grupo no Facebook . Algo que achei Brilhante e que me inspirou demais. O Grupo chama-se “Recusados no Salão”, (para aderir ao grupo, clique aqui) . Após ter uma Obra sua recusada em um importante salão, ao invés de revoltar-se, fez este grupo para que todos os artistas que como ela não terão a oportunidade de expor as maravilhas inéditas que produziram, possam fazê-lo neste grupo. Uma das minhas que fiz com este mesmo intuito ano passado e que foi recusada, já está lá. Sim! Todos nós, somos os Recusados nos Salões! Só não é quem é gênio total das Artes (parabéns a você) ou nunca concorreu em vários  (mais de 30 no mínimo, recomendo).

Minha Obra Recusada em Salão exposta no grupo é esta aqui: (tenho mais, obviamente)

Amor, Num Dia de Calor, 80x90cm, Acrílica sobre Tela

amor-num-dia-de-calor

Não há uma ciência exata que preveja como seremos julgados, os Artistas que concorrerão conosco, o número de trabalhos que será aprovado, o espaço do lugar onde as Obras serão expostas. Os Salões, em geral, melhoram, pioram, evoluem ou não. Os Artistas são em maior número, concorrência mais acirrada. Os critérios ficam mais apertados, talvez mudem , talvez…não sei, realmente não sabemos. O que você faria se estivesse no lugar de quem escolhe e tivesse que julgar trabalhos cada vez em maior número e melhores?  A nós, cabe aceitar o veredito.

O óbvio é muito chato. E só para lembrar, Monet, Paul Gauguin, Cézanne, Pissaro e Manet foram recusados no Salão de Paris. Por romperem com um padrão, mas acima de tudo, por acreditarem no que faziam. Foram achincalhados. Manet não aguentou as críticas e foi um dissidente do grupo. Não é fácil não!

Ouça os feedbacks com humildade. Avalie seu trabalho, mude o que precisa. Mas, acima de tudo, conte uma história através de sua Arte. Ela precisa ser maior do que você!

Boas Artes!

 

Anúncios