(Foto de Patrícia Amato – “Salve-me”)

Cada vez mais a Arte vem tendo um importante papel social e sendo usada de forma inteligente e educativa  em prol do Meio Ambiente. Artistas como Vik Muniz,  que trabalha lindamente recolhendo objetos dos lixões e Frans Krajcberg, que faz suas esculturas com árvores calcinadas por queimadas e desmatamentos, são exemplos reconhecidos no meio artístico-cultural.

A Arte sempre foi um importante meio do Artista exprimir suas crenças. E quanto mais fazemos isto em nossos trabalhos, mais forte a Obra se torna, pois torna-se humanizada e consequentemente toca o sentimento das pessoas.

Michel Jackson lançou “Earth Song” (Canção da Terra), uma das mais fortes Obras de Artes Musicais Ambientais. O Clip é sensacional e mostra o colapso ambiental que estamos prestes a viver, caso não mudemos nossos hábitos.(para ver o clip, clique aqui) .

Stevie Wonder lançou The Secret Life of Plants em 1979! Esta música diz que “para mim é inconcebível que o núcleo de tudo comece dentro de uma minúscula semente”, referindo-se às sementes das árvores. E nos chama a atenção:  ” Tiramos delas, sem consentimento, nosso abrigo, comida e vestimentas e em troca lhes damos machadadas, cortes, inundações e queimadas. Mas onde estaríamos sem elas?” (para escutar, clique aqui).

A música de Stevie Wonder não vendeu nada em 1979. Na verdade, foi um álbum inteiro. Um fracasso de vendas. O álbum todo é sobre o meio ambiente e rendeu um filme com o mesmo nome. Viva Steve, um Artista Visionário. Quem é cego, afinal?! Todos os que se recusaram a comprar o seu álbum e ouvir o seu apelo em 1979, quando ainda era tempo de evitar tantas desgraças. Os piores cegos, são os que não querem enxergar, certo Stevie?!

Queridos Artistas, espero que ouçam e principalmente enxerguem as mensagem de Michel e de Stevie em suas músicas Earth Song e The Secret Life of Plants. Independente do que aconteceu ou fizeram em suas vidas, são Artistas (no caso de Michel, foi) que contribuíram para que (re)pensemos desde já os nossos hábitos.

Salvemos nossa casa. Nosso bairro. Nosso Planeta.

Boas Artes!

Anúncios