atamento de Saúde mentalFoto de Capa: Obra “Abstração de Revista” do Artista Adriano, do CAPS II de Atibaia.

Postei aqui que estamos em Cartaz com a Exposição ” A SANIDADE DE NOSSOS DIAS” no Centro de Convenções Victor Brecheret, em Atibaia (Alameda Professor Lucas Nogueira Garcez, 511 – Vila Thais, Atibaia – SP, 12941-650 Phone: (11) 4412-7776)

A Mostra traz o olhar de adultos em tratamento de Saúde Mental , principalmente de esquizofrenia.  São alunos do curso da oficina de Terapia Ocupacional de Pintura do CAPS II de Atibaia, um lugar mágico e que aprendi a amar há um ano atras quando gentilmente me receberam para ministrar arteterapia de pintura.

Quero mostrar aqui, a história que estes Artistas contam nesta linda Exposição.

O Olhar dos Artistas do CAPS II de Atibaia.

As oficinas começam com dinâmicas para que eles verbalizem seus sentimentos. E se abram. Depois de um ano, ficamos felizes com o conteúdo profundo que nos trouxeram Suas dores, perdas, violência sofrida  e praticada, abusos de toda ordem. E tudo o que eles sentem é trabalhado na Arte. Se eles sentem angústia, a Obra vai tratar de angústia, se sentem luto, é do luto que se trata a Obra.


Nota 1: Nas figuras acima: A Obra Cemitério foi elaborada depois do Artista Adriano acessar o sentimento de luto de seu pai e de seu irmão. A Obra ao lado, é do Artista Daniel, que mostra muitas cores, todas separadas. E Daniel tem sua luta voltada para socializar mais e ficar menos separado do grupo. O tema é todo escolhido por eles, não há interferência nossa.

Também apresentamos a eles a vida de Artistas e seus trabalhos. A exposição conta esta história de evolução do aprendizado dos alunos. Começando por Van Gogh, um gênio esquizofrênico. Nossa, como amaram e se identificaram com Van Gogh! O que era para durar 02 aulas, durou 02 meses e meio. E todos pintaram sua leitura do que seria Noites Estreladas.

19389559_10209335984104087_1346625732_n

Nota 2: A figura acima traz dois exemplos da fase “Noites Estreladas”

Depois foi a vez de Monet. Sua vida e Obra. Sua batalha e a não aceitação em salões no início do Impressionismo. Essa coisa de Monet não ter desistido e ter se provado um avant gard, e mais, ter ganho dinheiro em vida, mexeu muito com eles. Trabalharam a própria persistência, suas ansiedades e o poder de auto-aceitação. Construíram cada um a própria visão de suas ninfeias. E nós todos choramos juntos de alegria.

19389467_10209335678576449_1661564158_n
Fase Ninféias

19369868_10209335661416020_387699595_n

19239452_10209335663056061_793252691_n

Nota 3: As Obras acima são alguns dos muitos exemplares da Fase Ninféias do Grupo

Num determinado estágio do ano, falamos de Matisse e suas colagens. A dificuldade da doença que o impedia de pintar. E falamos sobre arte contemporânea, como é importante criar as próprias artes. Passaram uns quatro meses desenvolvendo colagens de vários tipos e desenhando o que quisessem. Aprendemos o conceito mais puro de abstração e eles passaram a criar. No início da aula, terapias dinâmicas sobre sentir, entrar em contato com seus problemas. Trazer à tona, conversas e depois tratar o que escolhessem tendo a arte como companheira. Produziram e estão produzindo peças lindas, com pintura e bricolagem.

 

Nota 4: Acima, obras dos Irmãos Andréa e Adriano baseadas em desenhos feitos depois de colagens, com técnicas de abstração.

Numa manhã, saímos para caminhar. Tiramos muitas fotos, nenhuma delas foi convencional. Todas foram fotos de olhar artístico. E aprendemos a valorizar o meio ambiente e a dizer não para queimadas. Flagramos uma queimada e fizemos um protesto em alto e bom som: ” Não às queimadas, chamaremos a polícia, não ás queimadas, chamaremos a polícia”. Recolhemos madeiras queimadas e transformamos em Arte, colando-as em nossos quadros.

Nota 5: Acima, obras dos Artistas Mario e Wesley, em tecnica Mista feitas com bricolagem de madeiras proveniente de queimadas e pintura acrílica.

Atualmente, estudamos Arthur Bispo do Rosário. E depois de muitas dinâmicas em grupo, cada um descobriu o que gostaria de bordar num grande manto e juntos estamos bordando um Manto Sagrado, todo nosso. Mas este, será visto somente na exposição de 2018!

Terminamos convidando você para a exposição ” A Sanidade de Nossos Dias” – está IMPERDÍVEL!

Boas Artes!

Local:Centro de Convenções Victor Brecheret – Alameda Professor Lucas Nogueira Garcez, 511 – Vila Thais, Atibaia – SP, 12941-650 Phone: (11) 4412-7776

Horário: 09:00h às 17:00h

Curadoria: Patrícia Amato, Terapia Ocupacional: Silene Atala, Coordenação CAPS II: Rose Mary Alves

Entrada Franca.

Anúncios