i(Foto de Patrícia Amato)

Olá Amigos do artenavida! Fiquei sem escrever quase um mês pois uma crise ciática me pegou. Das bravas! Ainda estou me recuperando, mas agora já consigo sentar (pelo menos por uma hora seguida) sem sentir dor insuportável. Estou em tratamento, e sim, sairei desta melhor do que entrei.

Todas as vezes que a vida dá uma “parada obrigatória” na gente, pode ter certeza que ela está nos chamando para mudarmos algo dentro de nós. Já aconteceu comigo em outras vezes – quando me separei no primeiro casamento, quando quebrei o pé e o último tinha sido há três anos atrás quando meu fígado me deu um susto e resolvi sair do mundo corporativo para ser Artista em tempo integral. Agora, veio a crise de coluna, que quase me imobilizou. E estou descobrindo coisas muito boas que gostaria de compartilhar com vocês.

Minhas Descobertas com a Crise Ciática:

  1. Vida é Movimento.  Acho que essa simples constatação vai além de poder se mexer. Tem mais a ver com mexer com as coisas que estavam paradas na minha vida. Por ex.: Todos nós Artistas, não conseguimos vender todas as Obras que criamos. E comigo é assim também. Estava com um “estoque” razoável de Obras e achava que era melhor guardar, que um dia comprariam, que eu poderia usar numa individual, etc…Pois mexi com elas. Separei pelo menos umas dez do início da minha carreira (pintadas lá pelos anos 2002, 2003, 2004 até 2007) para vender bem barato. Fiquei com poucas desta época, as que realmente eu quero manter. E fiz o mesmo com outras coisas. Com a ajuda corporal do meu marido e de meu amigo Zé, arrumei todo o atelier e fiquei com o que me interessa.
  2. Estamos nesta Vida a Serviço. E como minha profissão é a de Artista, resolvi colocar minha Arte a Serviço das pessoas. Para isso, estou criando um Novo Grupo de Arte, meu segundo ( O primeiro é o Grupo de Arte Artenavida). Este segundo grupo será divulgado em breve, mas saibam desde já que é um Grupo voltado à Inclusão social. Estou selecionando artistas excelentes e em sua maioria, Artistas Concentuais. Meu objetivo é de conseguir 21 artistas, já estamos em 12 e crescendo. Fui conversando com estes artistas praticamente imobilizada, de cama e digitando com dor. Aprendi que podemos nos movimentar como quisermos, para o lugar que quisermos e falar com Artistas muito poderosos, usando somente uma coisa muito importante que nós temos: VONTADE.
  3. O Corpo Humano é um milagre. Como é Divino termos um corpo para revestir a nossa Alma. Olhar as coisas e cores, ter braços que se mexem, um cérebro que cria. Como é importante ter mobilidade para estar sentado numa cadeira. Como é maravilhoso o movimento de andar e com isso ser independente para tomar um banho gostoso, pentear e secar os cabelos. Poder pintar. Somente ontem pude pintar um pouco. Até então tinha feito alguns desenhos e uma aquarela, com muita dor. Ontem, pude ficar uma hora no cavalete e mesmo não conseguindo pintar do jeito que pinto normalmente (tenho obsessão por acertar os detalhes, deixar as linhas muito bem definidas, sem um pingo de tinta fora do lugar), eu pude voltar a treinar a pintura simples. Estou pintando uma tela pequena de 30x40cm e pasmem, são somente umas flores. Eu que tanto defendo passar uma mensagem através de uma Obra de Arte, estou pintando somente flores.  Mas estão ficando lindas. Porque tem o significado de meu processo de cura.

Nossa vida é feita de episódios. Todos os dias iniciamos uma parte nova de um episódio de nossas vidas. Penso que saber mudar o que não está bom é necessário. Acho que tive chances de mudar alguma coisa antes de minha Crise de Coluna e simplesmente, não percebi. Se tivesse estado atenta, provavelmente não estaria assim tão debilitada.

Pensem nisso e em como somos abençoados pela oportunidade de um recomeço. Seja de uma Obra de Arte que não está indo do jeito que você quer, de um relacionamento ou de qualquer coisa que você sente lá no fundo não estar bem. Sempre é tempo de pedir perdão e de reconciliar-se consigo mesmo e com o próximo. E quando não der espaço para conversar com aqueles que você estiver muito distante ou “de mal”, vale orar e direto com Deus, pedir perdão, desejar o bem e agradecer as pessoas que aparentemente não te entenderam ou colocaram pedras no seu caminho. É uma libertação e um grande, enorme Movimento. E como eu disse no item 01 desta lista, Vida é Movimento.

Portanto, estou mais Viva do que nunca e em plena recuperação. Do meu corpo, minha mente e meu espírito.

Desejo o melhor movimento de todos em suas vidas. Boas Artes!!!

Anúncios