Madeira Decomposta – Passado que vira Arte

(Fotos e Desenhos de Patrícia Amato) Eu hoje resolvi escrever sobre saudade. Mas não essa saudade do que se foi, simplesmente. É de uma saudade diferente. De algo que não vivi, de um tempo que não sei bem qual é mas que me dá um aperto no coração. Penso nos anos 50 (eu nasci em 70).Continuar lendo “Madeira Decomposta – Passado que vira Arte”