Da Vinci e Michelangelo: A Rivalidade Genial de Florença

Em 1504, a cidade de Florença, berço da Renascença, estava em polvorosa com o que se chamou de “a batalha das batalhas”. A notícia que corria de boca em boca era que o jovem artista Michelangelo Buonarroti de 29 anos tinha aceitado o convite para pintar uma cena de guerra numa das paredes do PalazzoContinuar lendo “Da Vinci e Michelangelo: A Rivalidade Genial de Florença”

As Várias Santas Ceias

(Santa Ceia da capa, de Pavel Popov) Elas são lindíssimas. Um tema que fascina a todos nós. Pelo seu valor histórico. Retratada em igrejas do mundo todo, foi pintada lindamente pelos Grandes da Renascença. E até hoje é relida e sinto que será para todo o sempre. A Santa Ceia mostra a nós Artistas, oContinuar lendo “As Várias Santas Ceias”

Quem Pouco Pensa, Muito Erra

Assim dizia ( e fazia) Leonardo da Vinci. É dele a célebre frase “Quem pouco pensa, muito erra”. Para um gênio como ele, que deve ter errado um pouco, mas acertado bastante, pensou muito acima da média de qualquer simples mortal em pleno início do século XVI. Eu acredito em Da Vinci como um serContinuar lendo “Quem Pouco Pensa, Muito Erra”